segunda-feira, 29 de agosto de 2016

SIMPLESMENTE AMANDO



Ao descobrir-me em teus olhos, anseio de Minh’Alma,
inebriada em tua voz calma,
pude o Amor em Plenitude encontrar!

Preciso é agradecer-te a cada dia,
se teu sorriso me lia,
se tua boca me beija,
se tua pele me deseja.

É tua Vida que me presenteia
na oferta do teu Amor que me incendeia.

Leva-me por teus passos,
dando-me a certeza de que em seus compassos,
se puderes, no espinho, pedra e ferida,
por mim dar-te-á a tua própria Vida.

Acolhe com tal perfeição o meu defeito
que, perdoe-me, por vezes lanço feridas em teu peito.
Quero em gratidão minha doçura te ofertar
para que em nosso Lar
sempre possa em meu aconchego descansar.

Nos dias saudáveis ou não
quero ofertar-te mesmo em imperfeição a minha mão.
Estás sempre pronto à Vida desta família atender
em prontidão me ensinaste como a um filho sempre proteger.

Cansaste por vezes em desânimo,
que sempre quero ser para ti uma palavra de ânimo.
Esteja em mim em todo seu pensamento
Que prometo dares a ti todo o meu acalento.

Todas as noites até o fim de minha vida uma prece irei fazer
para que nem um dia sequer até a minha morte
possa eu longe de teus braços amanhecer.

Poema de Della Coelho
Imagem: google.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário