domingo, 23 de março de 2014

SEU SORRISO



Ria sempre...
Ria só por um momento...
RIA! Nem que seja em seu pensamento!

sísmico sentimento escorre n’um sem-fim seminal
espalhando em sendas sinuosas
singelas sinfonias sentidas
em  seivas selênicas soalhadas em insensatez

Som divino
que é o  abrir de seus lábios
a jardins esguichar!



Poema de Della Coelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário