segunda-feira, 31 de março de 2014

Lágrimas...

VOZ DO CORAÇÃO

Mesmo ainda somente em sonhos,
JUNTOS ESTAMOS e a Estrela um dia alcançaremos,
se nos mantermos assim...lado a lado...
Fiéis aos sonhos que tivemos!

Sinto Tuas mãos me abraçando...
Sente meu coração Te aquecendo...
Em uma só Alma,
ao Tempo à própria Morte,
em Amor,
Nós dois Venceremos!

Basta que me deixes ficar
para Tuas tristezas consolar!
E, através de uma brisa,
Tua face acariciar!


E quando a Noite Amiga vier
e nossas Estrelas apresentar,
fecha Teus olhos e vem...
vem nessa hora me buscar!

Não temas esta Era,
mesmo que a Vida seja Fera!
Lembre-se Sempre, meu Amor,
a Eternidade inteira nos espera!




ESSA NOITE  (30/06/09 )

Vieste essa noite me buscar...

Em silenciosa penumbra,
sinto Teu canto me chamar...
lânguida atendo-te
como uma Flor ao acalento!
Embalada de Amor,
tomaste-me pela mão...
e fizeste-me sonhar em pensamento!
Tocaram-me Teus lábios...
Abraçara-me Teu sentimento...

...e sob Estrelas e Luar,
em nossa Torre a suspirar,
libertaste-me inteira deste tormento!


INSEGURANÇA (05/07/09)

Alma alucinada fantasia amada ser
para algum sorriso em acalento emitir
sem a face amada que a viu partir
à cruel ventura desvairada de viver.

Humildemente volta sonhando ter
a imagem nunca esquecida a desferir
perdão por tantos desenganos afligir
e depara-se a um terno olhar a lhe acolher.

No entanto a Razão mais alto fala.
Cristalizando a frágil Esperança
que infeliz de um coração confuso mata.

Transtorna-a em dúvida inútil de escolher:
se afoga-se no Desamor que se afigura
ou se enlaça a Alma que a ela é total ternura.


LADO A LADO

Insanamente me vejo
sob os olhos do desejo
que sem Ti...
sem Ti realmente
meu coração apedrejo.

Volto-me e ali Tu estás!
Mesmo que a trabalhar
a Emoção faz-me sonhar.

Tua presença querida
ilumina minha Vida
aquecendo-a antes tão Fria!

Na euforia da Alegria
minh'Alma eu Te daria
para tê-lo em eterna companhia!





TE AMO TANTO (08/07/09)

Antes mesmo de nascida surgir,
teu suave perfume exalava em mim!
Destinada a eternamente te amar pela Vida segui...

Aos primeiros passos já te busquei...
Em inocentes brincadeiras te imaginei...
E, um dia, em eterno sonho tua face eu vislumbrei.

Tua presença de mim se acercava
embora teus olhos eu ainda não os enxergara,
até que tua doce voz a mim se voltou
e reconheci em Ti o Amor que enfim chegou!

A paixão enlouquecida transformou
à Alma perdida que de Amor transbordou
em covarde fuga de um possível destino
que o Medo não o afrontou.

Em cruel solidão me encontrei...
Em plena escuridão caminhei...
Mas teu canto foi o acalento que sempre desejei!

Sem saber o que encontrar
tua Alma eu fui novamente buscar
e a Luz voltou a me iluminar!

Deixar-se a Teu Ser amar
é a si mesmo encontrar!

Nunca me peças
para algum dia eu te esquecer
Isso nunca possível foi!
Pois que apartar uma fração que seja de Ti
é mutilar parte Vital de mim!





VERDADEIRO AMOR (14/07/09)

Feche agora seus olhos e venha...
Venha comigo e passeie...
Sinta minhas mãos o tocando...
Sinta minh'Alma o envolvendo...
Quero para longe o levar...
para o fundo...
para lá dentro do meu sentimento...
Sinta, meu Amor...
Sinta o Céu e o Mar que o espera ali dentro!

Brisa suave que beija...
Sonho singelo que afaga...
Chuva que abençoa a morada...
A melodia ouvimos  e em nosso Paraíso nos vemos!
Teus abraços às Nuvens me induz...
Teus olhos ao Luar me seduz...
Teus lábios às Estrelas me conduz!

A Eternidade nesse momento se fez!
Juras caladas que nunca se desfez
trazem a certeza de que o Amor Verdadeiro
Vence Sempre e Mais uma Vez!





LINDO CÉU (15/07/09)

Uma vez mais recosto-me em Ti !
E mesmo ainda de pálpebras cerradas
desfaleço inerte...inebriada...
Candura de tua presença exalada!

De tanto sonhar-te, em teus braços acordei
e, aconchegada novamente em teus ombros,
a Felicidade dos meus sonhos
posso abraçá-la mais uma vez.

Nunca adiantou outras pousadas buscar
pois sempre soube que somente em teus braços poderia descançar.

Uma vez mais e mais uma vez
... inerte...
... silêncio...
...inebriada...
... silêncio...
...lágrimas em deslumbramento...

A Eternidade em sentimento!

Mas agora...desta vez,
coragem eu terei,
teus olhos eu fitarei
e, além de minh'Alma,
meus lábios entregar-te-ei.

LEMBRANÇAS (17/07/09)

De outros olhares já te conhecia
e, naquele baile,
estar em teus braços é tudo o que mais eu queria!
Durante a noite inteira dancei,
embalada por teus laços
à Lua flutuei!

Sem mais conseguirmos distante ficar,
em um só abraço seguimos rumo ao Nosso Lugar.

Tanto Amor eu te dei...
Entre tantos beijos, eu acordei...
Ver-te ao meu lado nesta Vida
é tudo o que mais eu desejaria!

E, hoje, de um Amor tão Grande assim
certo é que não caberia só em Ti ou em Mim.
Esse sentimento
...buscando, então, à Eternidade marcar...
trouxe à morada um Anjo...um menino Anjo
que chegou para santificar nosso Lar.


 Poemas de Della Coelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário